Seguidores

segunda-feira, maio 04, 2015

Estudos para Células de Crianças- Armadura de Deus: A Couraça da Justiça.

Vocês se lembram da história da semana passada da menina Alice, então ela aprendeu também sobre o que significa as outras partes da Armadura de Deus e hoje vamos aprender falar da Couraça da Justiça, que é uma roupa que protege o peito da pessoa como se fosse um colete protetor, isso significa que quando fazemos o que é certo, justo, 



Data:
 10/05/2015

Título: “A Armadura de Deus – A Couraça da Justiça”
1- Recepção / Bate-papo (Receba as crianças, cumprimente-as e converse um pouco com elas sobre a sua semana).
2- Louvor / Adoração
3- Oferta: Líder não se esqueça de ensinar e fazer o momento da oferta com as crianças na célula.
4- Pedidos de Oração: Orar pela festa dos bairros para crianças carentes do dia 17/12, que as pessoas possam participar com doações para que muitas crianças e suas famílias conheçam a amor e a salvação de Jesus neste Natal através desta festa. (e demais pedidos da célula).
5- Revisão da lição anterior: “A Armadura de Deus – O Cinto da Verdade” (Faça perguntas às crianças).
6- Objetivo: Levar as crianças a entenderem que elas precisam buscar sempre fazer o que é justo e correto perante Deus, para que tenham a proteção de Deus sobre a vida delas e que assim como queremos que as pessoas nos tratem com justiça devemos tratá-las também.
7- Quebra-Gelo: Já aconteceu algo muito injusto com você? O que foi que aconteceu?
8- Versículo para Memorizar: Deus protege os que tratam os outros com justiça e guarda os que lhe obedecem.” Provérbios 2:8
9- Referência Bíblica: Efésios 6:14b ; Lucas 19:2-8
10-Mensagem: Vocês se lembram da história da semana passada da menina Alice, então ela aprendeu também sobre o que significa as outras partes da Armadura de Deus e hoje vamos aprender falar da Couraça da Justiça, que é uma roupa que protege o peito da pessoa como se fosse um colete protetor, isso significa que quando fazemos o que é certo, justo, agindo de maneira correta com as outras pessoas, seremos protegidos por Deus. A palavra de Deus nos conta uma história de um homem que antes de conhecer Jesus era injusto com as pessoas, mas depois que encontrou Jesus fez o que era justo. A Bíblia diz que Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade. Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, (que significa justo ou puro) que era chefe dos cobradores de impostos, e não era justo no que fazia. Ele estava tentando ver quem era Jesus, mas não podia, por causa da multidão, pois Zaqueu era muito baixo.  Então correu adiante da multidão e subiu numa figueira brava para ver Jesus, que devia passar por ali. Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para cima e disse a Zaqueu: — Zaqueu desça depressa, pois hoje preciso ficar na sua casa. Zaqueu desceu depressa e o recebeu na sua casa, com muita alegria. Todos os que viram isso começaram a resmungar: — Jesus foi se hospedar na casa de um pecador! (porque todos sabiam que Zaqueu roubava nos impostos) Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: — Escute Senhor, eu vou dar a metade dos meus bens aos pobres. E, se roubei alguém, vou devolver quatro vezes mais. Então Jesus disse: — Hoje a salvação entrou nesta casa, pois este homem também é descendente de Abraão. Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar quem está perdido. Depois que Zaqueu conheceu Jesus, a justiça de Deus entrou na vida dele, assim como Zaqueu, nós que temos a Jesus em nossos corações devemos buscar fazer sempre o que é justo para com todos.
11- Aplicação: No mundo as pessoas dizem que “brasileiro tira vantagem de tudo”, mas fazer isto está errado, quando prejudicamos outras pessoas para levarmos vantagem, estamos em pecado, pois é injusto, por exemplo, quando eu vou a padaria e a pessoa do caixa me dá o troco e tem dinheiro a mais e eu resolvo guardar pra mim, eu estou prejudicando a pessoa que me deu o troco a  mais, pois ela vai ter que repor este dinheiro do bolso dela no final do dia, isso é roubar. Eu posso pensar “Ah mais foi ela que meu deu errado, não fui eu que peguei”, mas eu estou sendo injusto, porque sei que não é meu e peguei. Você poderia dar outros exemplos de injustiça?
12- Atividadelíder, pegue uma caixa de papelão e coloque vários objetos dentro da caixa que você tem em casa, como: chapéu, óculos de sol, panela, sapato, peça de roupa, dinheiro de brinquedo, moedas,  coloque o  máximo de objetos ligados à lição e peça as crianças que peguem cada uma um objeto para encenarem a história da lição, você pode fazer dois grupos que ficará ainda mais divertido.
13- Comunhão / Encerramento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TRADUTOR