Seguidores

segunda-feira, setembro 26, 2016

Estudo para Célula de Criança - Daniel Recusa a Comida do Rei

                      
O rei Nabucodonosor, da Babilônia, atacou Jerusalém e mandou que escolhessem entre os prisioneiros israelitas alguns jovens. Todos eles deviam ser inteligentes, e ser capazes de servir no palácio. O rei mandou também que eles recebessem, todos os dias, a mesma comida e o mesmo vinho que o rei. Depois de três anos de preparo, esses jovens deviam começar o seu serviço no palácio. Entre os que foram escolhidos estavam...




Data: 02/10/2016
Título:Daniel recusa a comida do Rei”
1- Recepção / Bate-papo (Receba as crianças, cumprimente-as e converse um pouco com elas sobre a sua semana).
2- Louvor / Adoração
3- Oferta: Ensine as crianças que não devemos chegar à presença de Deus com as mão vazias, que devemos trazer sempre nossa oferta de gratidão e de amor a Ele.
4- Pedidos de Oração: Líder, ore por todas as crianças da célula e seus pedidos específicos.
5-Revisão da lição anterior: Faça perguntas da última lição dada. 
7-Quebra-Gelo:Qual é o seu prato preferido? ou O que você mais gosta de comer?
8- Versículo para Memorizar: “E Daniel propôs em seu coração, não se contaminar com a comida do rei." Daniel 1:8
9- Referência Bíblica: Daniel 1:3-20
10-Mensagem:  O rei Nabucodonosor, da Babilônia, atacou Jerusalém e mandou que escolhessem entre os prisioneiros israelitas alguns jovens. Todos eles deviam ser inteligentes, e ser capazes de servir no palácio. O rei mandou também que eles recebessem, todos os dias, a mesma comida e o mesmo vinho que o rei. Depois de três anos de preparo, esses jovens deviam começar o seu serviço no palácio. Entre os que foram escolhidos estavam Daniel, Ananias, Misael e Azarias, todos da tribo de Judá. Aspenaz lhes deu outros nomes, isto é, Beltessazar, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego. Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se. Mas Aspenaz disse: — Foi o rei, o meu senhor, quem resolveu o que vocês devem comer e beber. Se ele notar que vocês estão menos fortes e sadios do que os outros jovens, ele será capaz de me matar, e vocês serão os culpados. Aí Daniel foi falar com o guarda a quem Aspenaz havia encarregado de cuidar dele, e disse:— Quero pedir que o senhor faça uma experiência com a gente. Durante dez dias, dê-nos somente legumes para comer e água para beber. No fim dos dez dias, faça uma comparação entre nós e os jovens que comem a comida do rei. Então, dependendo de como estivermos, o senhor fará com a gente o que quiser. O guarda concordou. Passados os dez dias, os quatro jovens israelitas estavam mais sadios e mais fortes do que os jovens que comiam a comida do rei. Deus deu aos quatro jovens um conhecimento profundo dos escritos e das ciências dos babilônios, mas a Daniel deu também o dom de explicar visões e sonhos. No fim dos três anos de preparo que o rei Nabucodonosor tinha marcado, Aspenaz levou todos os jovens até a presença do rei. Este falou com eles, e entre todos não havia quem se comparasse com Daniel, Ananias, Misael e Azarias. Por isso, ficaram trabalhando no palácio. Todas as vezes que o rei fazia perguntas a respeito de qualquer assunto que exigisse inteligência ou conhecimento, descobria que os quatro eram dez vezes mais inteligentes do que todos os sábios e adivinhos de toda a Babilônia.
11- Aplicação: A Bíblia não deixa claro o porquê da decisão de Daniel, ou seja, a decisão de não se “contaminar” com a comida do rei , poderia ser porque a carne tivesse sido sacrificada a ídolos, ou talvez fosse comida proibida aos judeus. Mas o importante é que Daniel sentiu que isto não seria bom para ele e por isso recusou. Assim também nós, os filhos de Deus, não devemos fazer algo que venha nos fazer mal, trazer tristeza ou culpa. Por exemplo, assistir programas de televisão, violentos ou com pornografias, ficar com algum objeto que não nos pertence, mentir ou enganar os outros, etc. Vivemos neste mundo, mas não pertencemos a ele, não devemos praticar coisas erradas, só porque todo mundo faz. Devemos decidir em nosso coração, assim como Daniel, não se contaminar com as coisas deste mundo.
12- Atividade: Sugestões: 1- Fazer uma salada de frutas com eles, e aproveitar para conversar sobre alimentos saudáveis. 2- Fazer o jogo das palavras: sorteia uma letra e as crianças terão que dizer uma fruta ou legume ou outro alimento que começa com aquela letra, se tiver muitas crianças pode fazer grupos, e o grupo responde. 3- Divida a célula em três ou mais grupos e dê uma lista de palavras (de alimentos) para cada grupo. Um grupo vai ter que dar dicas de tamanho, cor, cheiro, etc, de um alimento, e o outro grupo tem que adivinhar qual é o alimento, ganha quem acertar mais. 4- Faça brincadeira da cadeira, e quem ficar por último deverá contar a história de Daniel.
13- Comunhão / Encerramento

2 comentários:

  1. palavras q convertem muitas crianças.....

    ResponderExcluir
  2. Palavra tremendamente bem escrita, direcionada. O Senhor operou maravilhas em nossas vidas. Deus a abençoe Pastora.

    ResponderExcluir

TRADUTOR