Seguidores

segunda-feira, maio 23, 2016

Estudos para Células de Crianças - Elias e Baal




No terceiro ano da seca, o SENHOR Deus disse a Elias: — Vá apresentar-se ao rei Acabe, pois eu vou mandar chover. Então Elias saiu para se apresentar a Acabe. Naquela época, o administrador do palácio se chamava Obadias, ele era um fiel adorador do Senhor. Um dia, Obadias estava andando quando, de repente, se encontrou com Elias. Ele...

Data: 29/05/2016
Título: “Elias e Baal”
1- Recepção / Bate-papo (Receba as crianças, cumprimente-as e converse um pouco com elas sobre a sua semana).
2- Louvor / Adoração
3- Oferta:    Ensine as crianças que não devemos chegar à presença de Deus com as mãos vazias, que devemos trazer sempre a nossa oferta de gratidão e de amor a Ele.
 4- Pedidos de Oração:   Líder ore por todas as crianças da célula e seus pedidos específicos. 
5- Revisão da lição anterior:  Faça perguntas da última lição dada.
6- Objetivo:  Levar as crianças saber que só o Senhor é Deus e Ele pode fazer todas as coisas.
7-Quebra-Gelo: Qual é a coisa que Deus fez que mais mostra pra você, o quanto Ele é poderoso, o Deus do impossível?
8- Versículo para Memorizar: “Fiquem sabendo agora e nunca esqueçam isto: somente o SENHOR é Deus, não há outro deus”. Deuteronômio 4:39
9- Referência Bíblica: 1 Reis 18:17-39
10-Mensagem: No terceiro ano da seca, o SENHOR Deus disse a Elias: — Vá apresentar-se ao rei Acabe, pois eu vou mandar chover. Então Elias saiu para se apresentar a Acabe. Naquela época, o administrador do palácio se chamava Obadias, ele era um fiel adorador do Senhor. Um dia, Obadias estava andando quando, de repente, se encontrou com Elias. Ele reconheceu Elias e se ajoelhou diante dele, Elias disse: — Vá dizer ao seu patrão, o rei, que eu estou aqui. Mas Obadias disse: - Pode ser que logo que eu sair daqui o Espírito do SENHOR o leve para algum lugar desconhecido. Aí, quando eu contar a Acabe que o senhor está aqui, e ele não puder encontrá-lo, ele me matará. Lembre que desde menino eu tenho sido um fiel adorador de Deus, o SENHOR. Por acaso, não lhe contaram que, quando Jezabel estava matando os profetas de Deus, eu escondi cem deles em cavernas, em dois grupos de cinquenta, e providenciei comida e água para eles? Elias respondeu: — Pelo SENHOR Todo-Poderoso, a quem sirvo, eu prometo que hoje vou me apresentar ao rei. Então Obadias foi encontrar-se com Acabe e lhe contou o que havia acontecido. Aí Acabe saiu para se encontrar com Elias. Quando viu o profeta, Acabe disse: — Então é você que está aí, você, o maior criador de problemas de Israel! — Eu não sou criador de problemas para o povo de Israel! — respondeu Elias. — Você e o seu pai é que são criadores de problemas, pois abandonaram os mandamentos do SENHOR Deus e adoraram as imagens de Baal. Portanto, ordene agora a todo o povo de Israel que vá encontrar-se comigo no monte Carmelo. Mande também os quatrocentos e cinqüenta profetas do deus Baal. Já no Monte Carmelo, Elias chegou perto do povo e disse: — Até quando vocês vão ficar em dúvida sobre o que vão fazer? Se o SENHOR é Deus, adorem o SENHOR; mas, se Baal é Deus, adorem Baal! Agora tragam dois touros, e que os profetas de Baal matem um deles, corte em pedaços e ponham em cima da lenha, mas não ponham fogo! Eu farei a mesma coisa com o outro touro. E aí os profetas de Baal vão orar ao seu deus, e eu orarei ao SENHOR. O deus que responder mandando fogo, este é que é Deus. Os profetas de Baal pegaram o touro que havia sido trazido para eles, e o prepararam, e oraram a Baal desde a manhã até o meio-dia. Elias começou a caçoar deles. Ele dizia: — Orem mais alto, pois ele é deus! Pode ser que esteja meditando ou que tenha ido ao banheiro. Talvez ele tenha viajado ou talvez esteja dormindo, e vocês terão de acordá-lo! Aí os profetas oraram mais alto porém não se ouviu nenhum som. Elias pegou doze pedras, uma para cada uma das doze tribos que tinham os nomes dos filhos de Jacó, o homem a quem o SENHOR tinha dado o nome de Israel. Com essas pedras Elias reconstruiu o altar para a adoração do SENHOR. Depois cavou em volta uma valeta em que cabiam mais ou menos doze litros de água. Em seguida colocou lenha no altar, cortou o touro em pedaços e os pôs em cima da lenha. Então disse: Encham quatro jarras com água e derramem sobre o animal sacrificado e sobre a lenha. Eles fizeram e repetiram mais duas vezes. O profeta Elias chegou perto do altar e orou. Então o SENHOR mandou fogo que queimou o sacrifício, a lenha, as pedras, a terra e ainda secou a água que estava na valeta. Quando viram isso, os israelitas se ajoelharam, encostaram o rosto no chão e gritaram: O SENHOR é Deus! Só o SENHOR é Deus!
11- Aplicação: O interessante dessa história é que o maior objetivo da manifestação de Deus através do fogo que desceu do céu não foi para que os profetas de baal e que o rei Acabe reconhecesse o Senhor como Deus, mas sim fazer com o que o povo de Israel se voltasse para o Senhor. Hoje Deus nos faz a mesma pergunta: Quando nós iremos abandonar tudo e servir só a Deus? Líder ore com as crianças para que elas experimentem do poder de Deus em suas vidas!
12- Atividade:  Distribua revistas às crianças e peça para que elas recortem figuras que demonstram o poder e a soberania de Deus (Fotos da Natureza, de pessoas, etc.)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

TRADUTOR