Seguidores

quarta-feira, dezembro 02, 2015

Estudos para Células de Crianças - Moisés e as Dez Pragas do Egito



Moisés foi escolhido por Deus para tirar o povo de Israel do Egito. Deus deu a Moisés sinais de que ele não estava só. Moisés e Arão, seu irmão, foram falar com Faraó várias vezes, mas o coração de Faraó estava endurecido e ele não permitia que o povo de Deus saísse. Então, Deus enviou 10 pragas para aquela terra, afim de que o Faraó deixasse o...


Data: 06/12/2015

Título: “Moisés e as dez Pragas do Egito

1- Recepção / Bate-papo (Receba as crianças, cumprimente-as e converse um pouco com elas sobre a sua semana).
2- Louvor / Adoração
3- Oferta: Ensine as crianças que não devemos chegar na presença de Deus com as mãos vazias, que devemos trazer sempre a nossa oferta de gratidão e de amor a Ele.
4-Pedidos de Oração:Líder ore por todas as crianças da célula e por seus pedidos específicos.
5- Revisão da lição anterior: “Moisés e a Sarça Ardente” (Faça perguntas às crianças).
6- Objetivo: Ensinar às crianças a importância de obedecer a Deus.
7- Quebra-Gelo: Cite uma regra que você tem que obedecer na  célula, na  escola, ou em casa.
8- Versículo para Memorizar: “Mais importa obedecer a Deus do que aos homens” Atos 5:29
9- Referência Bíblica: Êxodo capítulos 7 a 12
10-Mensagem: Moisés foi escolhido por Deus para tirar o povo de Israel do Egito. Deus deu a Moisés sinais de que ele não estava só. Moisés e Arão, seu irmão, foram falar com Faraó várias vezes, mas o coração de Faraó estava endurecido e ele não permitia que o povo de Deus saísse. Então, Deus enviou 10 pragas para aquela terra, afim de que o Faraó deixasse o povo ir embora. Primeira praga: água vira sangue - Arão levantou o bastão e bateu no rio, e a água virou sangue, os peixes morreram, e o rio cheirou tão mal, que os egípcios não podiam beber água dele. E em todo o Egito houve sangue. Segunda praga: rãs - Arão estendeu a mão sobre as águas do Egito, e as rãs saíram das águas e cobriram todo o país. Terceira praga: piolhos - Arão bateu na terra com o bastão, e todo o pó do Egito virou piolhos, que cobriram as pessoas e os animais. Quarta praga: moscas - Assim fez Deus, o SENHOR, e entraram grandes enxames de moscas no palácio do rei e nas casas dos seus funcionários. E, por causa das moscas, houve muito prejuízo no Egito inteiro. Quinta praga: morte dos animais - o SENHOR castigou com uma doença terrível todos os animais dos egípcios, e todos morreram; porém não morreu nenhum dos animais dos israelitas. Sexta praga: feridas - Então o SENHOR Deus disse a Moisés e a Arão: Peguem punhados de cinza de um forno, e que Moisés jogue essa cinza para o ar. Ela se espalhará como um pó fino sobre toda a terra do Egito, e em todos os lugares a cinza produzirá tumores que se abrirão em feridas nas pessoas e nos animais. Sétima praga: chuva de pedra - Moisés levantou o bastão para o céu, e o SENHOR mandou trovões, chuva de pedra e raios sobre o país. Em todo o Egito a chuva de pedra acabou com tudo o que estava no campo, incluindo as pessoas e os animais. Destruiu todas as plantas e quebrou todas as árvores. Oitava praga: gafanhotos - Eles se espalharam sobre todo o Egito e invadiram toda aquela região em quantidades enormes, como nunca havia acontecido antes. Eles cobriram de tal maneira o chão, que este ficou preto. Devoraram toda a vegetação. Em todo o Egito não sobrou nada verde nas árvores e nas plantas. Nona praga: trevas - Moisés levantou a mão para o céu, e durante três dias uma grande escuridão cobriu todo o Egito. Os egípcios não podiam ver uns aos outros, e naqueles dias ninguém saiu de casa. Porém em todas as casas dos israelitas havia claridade. Faraó não queria obedecer a Deus, e apesar de tantas pragas, ele não libertava o povo de Israel. Então Deus mandou seu povo fazer uma festa, a Páscoa, que seria uma preparação para a mais terrível de todas as pragas, a Décima praga: a morte dos primogênitos - À meia-noite, o SENHOR Deus matou os filhos mais velhos de todas as famílias do Egito, até o filho do faraó foi morto, que era o herdeiro do trono. Em todo o Egito havia gente chorando e gritando, pois em todas as casas havia um filho morto. Nessa mesma noite o rei mandou chamar Moisés e Arão e lhes disse: Saiam daqui, vocês e todos os outros israelitas! Deixem o meu país. Vão adorar a Deus, o SENHOR, como vocês pediram. Peguem as suas ovelhas e cabras e o seu gado e vão embora. E peçam a Deus que me abençoe. Os israelitas fizeram como Moisés havia ordenado e pediram aos egípcios jóias de prata e de ouro e roupas. O SENHOR Deus fez com que os egípcios dessem de boa vontade aos israelitas tudo o que eles pediam. Assim o povo de Israel tomou as riquezas dos egípcios.
11- Aplicação: Faraó não acreditava em Deus, e não queria obedecê-lo, e pudemos ver qual foi o seu fim: a ira de Deus caiu sobre ele. Existe uma benção por trás da obediência, e o Senhor colocou pessoas nas nossas vidas como nossas autoridades, (pais, líderes, professores, etc.) e devemos honrá-los e respeitá-los para que a benção de Deus sempre esteja conosco.
12- Atividade: Nessa brincadeira, você pode usar as “pragas”. Colocar – com a ajuda das crianças - um gesto para cada praga. Elas têm que memorizar o gesto de cada praga. Você vai falando as pragas, ex: Praga nº 8 gafanhotos, Praga nº 2 Rãs, e as crianças vão fazendo os gestos, as que errarem o gesto, vão saindo do jogo.
13- Comunhão / Encerramento

Um comentário:

TRADUTOR