Seguidores

terça-feira, janeiro 26, 2010


DEVOCIONAL

Tema: Melhor que Ganhar Vidas pra Jesus é...
Texto: João 17:4-8 e Mateus 28:18-20


João 17:4-8
4- Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que me confiaste para fazer; 5- e, agora, glorifica-me, ó Pai, contigo mesmo, com a glória que eu tive junto de ti, antes que houvesse mundo. 6- Manifestei o teu nome aos homens que me deste do mundo. Eram teus, tu mos confiaste, e eles têm guardado a tua palavra. 7- Agora, eles reconhecem que todas as coisas que me tens dado provêm de ti; 8- porque eu lhes tenho transmitido as palavras que me deste, e eles as receberam, e verdadeiramente conheceram que saí de ti, e creram que tu me enviaste.


Mateus 28:18-20
18- Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19- Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20- ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.

Ambos os textos contêm as últimas palavras de Jesus aqui na terra. Em João, antes de Jesus ser preso e crucificado; e em Mateus, depois da sua morte e ressurreição, antes da sua ascensão, Ele deixou as últimas ordens aos seus discípulos.

Em João no verso 4, o Senhor Jesus diz que a “obra” foi consumada, ou seja, obra que Ele realizou aqui na terra durante os seus 3 anos de ministério.

É interessante que a obra a que o Senhor se refere, não são os milhares de milagres, curas, sinais, prodígios e maravilhas que Ele operou aqui na terra, mas, a obra consumada que Ele menciona aqui neste texto são os homens que ele formou, os homens que Ele discipulou. Esta foi a sua obra consumada, a sua missão final: deixar aqui na terra, homens que continuariam o seu trabalho de anunciar e propagar o Reino de Deus! A obra que Jesus deixou, foram os seus discípulos! E Ele ora ao Pai para que os guarde e livre de todo o mal.

Com freqüência dizemos que a maior alegria de um crente é ganhar vidas pra Jesus. Realmente esta é uma alegria indescritível, de você ver uma vida aceitando a Jesus, e a sua transformação ali, quase que instantânea: a pessoa se rendendo aos pés de Jesus, se arrependendo dos seus pecados, recebendo o amor de Jesus, e refletindo no seu rosto a alegria de receber uma nova vida! Realmente isto é tremendo, transborda o nosso coração de alegria. Mas há ainda uma alegria maior que esta: discipular vidas pra Jesus!


Melhor que GANHAR vidas é DISCIPULAR vidas pra Jesus!

No texto de Mateus, as últimas recomendações, as últimas ordens dadas aos discípulos foram justamente estas: “ide e fazei discípulos”. E esta é realmente uma tarefa muito difícil mas é uma ordem, e como ordem ela deve ser obedecida.

O Senhor não nos chamou para sermos carteiros! O carteiro vai para entregar correspondências, cartas, mensagens. O Senhor não nos chamou para ir e entregar a mensagem das boas novas, da salvação e da vida eterna, e virar as costas e vir embora. Não, Ele mandou ir e fazer discípulos. Discipular é construir. Somos construtores. Assim como o construtor que vai construir uma casa e vai ali, para aquele lugar realizar a construção, dia após dia, ele constrói a base da casa, suas colunas, paredes, telhado... E passa ali, vários dias, construindo.
Discipular é construir! Construir o caráter de Cristo na vida das pessoas. Uma tarefa árdua mas uma tarefa que é preciso ser feita.

Mas há um fator muito importante, que devemos nos atentar que é, antes de FAZER discípulos temos que SER discípulos! Não podemos dar o que não recebemos. Temos que ter um fonte e receber dela para sermos uma fonte aos outros. Você é discípulo de quem? Pra quem você presta contas? Quem fala na sua vida? Eu discípulo as esposas dos pastores. Eu tenho 10 discípulas, todas as semanas, nos reunimos, oramos pelas necessidades umas das outras, compartilhamos a Palavra de Deus. Realizamos o ministério juntas também, choramos juntas, nos alegramos juntas! É claro que elas não são minhas discípulas exclusivas, antes, são discípulas dos seus maridos, que são os pastores. Elas prestam contas a eles, recebem direção deles , assim como eu sou discipulada pelo meu marido, Pr Silvio, ele me dá a direção, é ele quem fala na minha vida, e que tem me ensinado a ser uma líder, ele tem sido a minha fonte.
Pra que você tenha autoridade para discpular, você tem que ser discípulo. Pra você ensinar e corrigir, você tem que estar aberto para aprender e ser corrigido.

Agora, o trabalho de discipulado não é uma tarefa fácil. É sacrifício! Disicipular é se desgatar pela vida de outra pessoa. É se doar, é amar sem esperar receber nada em troca, é ter paciência, é repetir os ensinamentos vez após vez, é não desistir das pessoas, mas em todo tempo acreditar nas mudanças, e no crescimento.

Mas em Mateus, quando o Senhor deixa essas ordens para “ir”, “fazer discípulos” “batizar” e “ensinar”, Ele deixa também uma promessa, no final do verso 20 ele diz: “...E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.” Aleluia!!
O Senhor estará conosco todos os dias, Ele nos capacitará para esta tarefa, nos dará sabedoria. Creia nisto! O Senhor te dará amor por essas vidas que Ele tem confiado em suas mãos. O Senhor te sustentará em todos os momentos! Temos a obra para cumprir, para ser consumida! Mas temos também a promessa de que Ele, o Senhor Jesus, estará conosco até o fim da nossa missão aqui na terra! Glória a Deus!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TRADUTOR